As cores que a gente via quando era criança

As recentes cenas de rigoroso inverno no hemisfério norte fizeram-me lembrar uma expressão que expressa bem uma realidade em que todos já vivemos um dia… e gostaríamos de nunca tê-la deixado. Depois da citação o leitor verá qual é essa realidade.

Num livro sobre a Rússia pouco antes do domínio comunista (1) o autor se imagina chegando a Moscou nos primeiros dias de janeiro. Fazia um frio que nós brasileiros não temos ideia do que seja: 40 o negativos, e devido a neve e o gelo abundante os “carros” puxados a cavalo não tinham rodas mas patins semelhantes aos que usam os esquiadores.

Continue reading

O QUE É A INOCÊNCIA?

criaca-freeimages-wpEntende-se por inocência, em geral, a criança boba ou que não pecou contra a castidade. Reduz-se, assim, esta temática à prática do Sexto Mandamento.

Mas, inocência é só isso?

Continue reading

ESCÂNDALO

Creio — nos dias de hoje sem muita certeza… — ser difícil haver um brasileiro de cultura mediana que desconheça os versos a seguir.

Em todo caso faço um teste: você internauta, conhece?

Continue reading

UM LÍRIO DO CARMELO

Neste dia — 16 de julho — em que a Igreja comemora Nossa Senhora do Carmo, vejamos uma das glórias recentes da Ordem religiosa que a tem como Patrona: Santa Teresa de los Andes, a mais jovem carmelita canonizada e que menos tempo viveu no Carmelo.

Continue reading

As asas brancas da CONFIANÇA

ASAS BRANCAS

Eu tinha umas asas brancas,
Asas que um anjo me deu,
Que, em me eu cansando da terra,
Batia-as, voava ao céu.

Eram brancas, brancas, brancas,
Como as do anjo que mas deu:
Eu inocente como elas,
Por isso voava ao céu.

Continue reading