A razão do silêncio

Quem lê os Evangelhos com o devido cuidado e merecido respeito, pode, às vezes, perguntar-se por que Nossa Senhora é tão pouco mencionada.

É uma “minúcia”… que contém uma maravilha.

São Luís Grignion de Montfort, o santo que mais profundamente explicitou a devoção a Nossa Senhora, assim nos diz em seu “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”: Continue reading

O que atraiu Deus à terra?

Devido a coincidência com a Semana Santa, a Igreja comemorou neste último dia 16, a Anunciação do Anjo e a Encarnação de Jesus no seio virginal de Maria Santíssima. Quantas vezes muitos de nós rezamos o terço sem meditarmos um pouco no significado do mistério contemplado em cada dezena…

A Anunciação e Encarnação constituem acontecimentos dos mais altos de toda a História: o Filho de Deus se fez homem e habitou entre nós. É o início da história da Redenção concluída com a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus.

Vejamos um dos aspectos deste mistério. Continue reading

Páscoa nos Claríssimos Montes

Nossa Senhora dos Claríssimos Montes: esta é a invocação da igreja dos Arautos do Evangelho em… Montes Claros. E nela realizou-se pela primeira vez o Tríduo Pascal. Foi oficiante o sacerdote Arauto, Pe. César Diez, EP e concelebraram os Pes Wagner Morato, EP e Eduardo Zacarias, EP.

Na Quinta-feira Santa houve a Missa da Vigília da Paixão na qual pairavam ainda pelo ar as alegrias da instituição da Eucaristia na Última Ceia; na Sexta-feira da Paixão o solene ofício desse dia relembra a Morte de Nosso Senhor e seu sepultamento. Continue reading

Paz de consciência. Quem não quer? – Vídeo

Passou a Semana Santa. Se você não fez a confissão pela Páscoa, ainda é tempo. É uma boa ocasião para voltar a ter paz de consciência por meio de uma boa confissão.

Lembremo-nos que Jesus sofreu toda a Paixão e Morte para nos redimir. Ele, o Inocente, quis sofrer tudo quanto sofreu para que fôssemos salvos, e, enquanto vivos, fôssemos perdoados toda vez que caíssemos. Para voltarmos à amizade com Deus, Ele só pede que nos arrependamos sinceramente e recebamos a absolvição do sacerdote: “Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados”. (Jo 20, 23)

Para ajudá-lo a se preparar para essa confissão que lhe trará a paz assista o vídeo a seguir.

https://drive.google.com/open?id=1lvh9H6XOYiXCnkf-h63AJMwQaLFss215

Três lições de heroísmo

Meditar na Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo constituiu sempre para Dr. Plinio Corrêa de Oliveira um inestimável exercício de piedade. Ao considerar a infinita paciência do Homem-Deus em suportar as dores mais atrozes e em se imolar pela nossa redenção, nutria sua própria alma com esse alimento indispensável para a santificação do católico: o amor à cruz, a aceitação do sofrimento.

De modo particular, a tenacidade heroica do Salvador a caminho do Calvário suscitava no espírito de Dr. Plinio reflexões pervadidas de adoração ao Divino Modelo, de súplicas, bem como de entranhada compunção da criatura apequenada diante da grandeza do Criador chagado. Continue reading

E o Verbo se fez carne…

Em 25 de março a Igreja comemora a Anunciação do Anjo a Nossa Senhora e a Encarnação de Jesus no seio virginal de Maria (*). No artigo a seguir, Dr. Plinio Corrêa de Oliveira, mestre e formador de nosso Fundador, Mons. João Clá Dias, tece elevadas considerações sobre esse magno mistério.
.
.
.
.

Continue reading

Nunca é nunca mesmo

Por vezes – infelizmente por muitas vezes – em nossa vida cotidiana, à mercê dos fatores de desordem cada vez mais crescentes, vários se sentem inseguros e até angustiados face a um futuro nada alentador em muitos aspectos. Não faltam “crises” em quase todos os campos: social, religioso, econômico, moral, afetivo, etc. Mas este “etc” é quase interminável…

Continue reading