EU O VI!

doutor-plinio-ae

Acabam de ser publicados os dois primeiros volumes, de um total de cinco, da obra “O dom de sabedoria na mente, vida e obra de Plinio Corrêa de Oliveira”, de autoria de Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP.

A importância desta coleção reside, de uma parte, no papel providencial desse destacado líder católico brasileiro, alma dotada de altíssimos dons místicos e apóstolo cheio de fogo, penetrado até o mais íntimo pela sabedoria de Deus.

De outra parte, seu valor consiste na autoridade do Autor, discípulo fervoroso, seguidor incondicional e observador atentíssimo de Dr. Plinio.

A seguir, transcrevemos trechos da apresentação que o próprio Mons. João Clá faz de tão oportuna obra. Foram feitas pequenas adaptações apenas para estabelecer o nexo entre os vários trechos.

O MESTRE DE NOSSO FUNDADOR (*)

Mons. João Scognamiglio Clá Dias, EP

mons-medalhao-ae

Ponderando que todo homem tem uma determinada missão a cumprir em função do desenrolar da História, mais do que se deter na análise de fatos concretos, a vida de Dr. Plinio merece ser considerada sob a perspectiva desse desígnio de Deus, a fim de se compreender sua pessoa e sua obra.

Com efeito, a humanidade vem sendo corroída por uma longa crise, estabelecida no Ocidente ao longo dos últimos cinco séculos e designada por Dr. Plinio com o nome de Revolução. (1)  Esse processo de desagregação total, propulsionado pela exacerbação das paixões do orgulho e da sensualidade, pretendeu instaurar em todo o mundo o igualitarismo metafísico.

Para isso procurou eliminar os vestígios da ordem cristã, sacral e hierárquica, insurgindo–se, assim, contra o trono do Todo-Poderoso e implantando na face da Terra o reino de satanás.

Contudo, quando a Revolução parecia prestes a atingir o auge de sua expansão e planejava alçar o estandarte da vitória, Deus suscitou um varão, filho da Igreja e eleito por Nossa Senhora, para desempenhar um papel que até esse momento não havia se manifestado na História.

QUEM FOI, POIS, ESTE HOMEM?

missa-catedral-ae

Um varão que nasceu e se desenvolveu à luz da inocência de sua mãe, Da. Lucilia, e brilhou por sua virgindade e integridade moral.

Um varão chamado a refletir em si virtudes harmônicas aparentemente opostas: de um lado, extraordinária grandeza e majestade imponente, as quais causavam medo aos orgulhosos; de outro, uma bondade acolhedora, penetrante e cheia de benquerença, que atraía…

Um varão dotado de um carisma de discernimento dos espíritos sem igual, com uma visão histórica a respeito de toda a opinião pública, penetrando os indivíduos, as nações, os povos.

Um varão que, à maneira de uma árvore brotada entre as rochas, cresceu em meio a perseguições, incompreensões e ingratidões.

Um varão de fé, o qual defendeu, das fileiras do laicato, a honra, a santidade e a infalibilidade da Igreja como ninguém o fizera em sua época.

Um varão que, sozinho, divisou a situação da humanidade, discerniu o mal que se alastrava e levantou-se contra toda a sua geração e as subsequentes.

Com a força de sua convicção desafiou o consenso de seu tempo, segurou a correnteza e quebrou a Revolução, para que, sobre seus escombros, fosse edificado o Reino de Maria, (2) prometido por Nossa Senhora em Fátima.

EU O VI!

Mons. João Clá e Doutor Plinio

Mons. João Clá e Doutor Plinio

Muitos já empreenderam a tarefa de publicar escritos dedicados à figura de Plinio Corrêa de Oliveira. Nenhum deles, entretanto, oferece uma visualização que mostre este varão ímpar do único ponto de vista pelo qual realmente merece ser considerado, isto é, o do desígnio de Deus sobre ele.

Ora, ninguém parece ser mais indicado, nem possuir voz mais acreditada para tal encargo, do que o Autor desta obra.

 Já em outubro de 2010, para a obtenção do grau de Doutor em Teologia pela Universidade Pontifícia Bolivariana de Medellín, Colômbia, defendeu ele sua tese sobre o mesmo tema, sendo qualificada pela banca examinadora com a nota máxima, summa cum laude.

Mons. João Clá recebe o título de Doutor em Teologia

Mons. João Clá recebe o título de Doutor em Teologia

“Eu o vi!”, bem pode exclamar o Autor. Afinal, os quase quarenta anos de convívio com Dr. Plinio, numa atmosfera de união de almas e comunicação de espírito, fazem dele uma testemunha, e a mais autorizada, para se pronunciar sobre a vida, a atuação, as virtudes e o pensamento de seu mestre.

 



Para conhecer melhor esta obra, clique aqui

(*) Título da redação deste Blog.

(1)Por Revolução Dr. Plinio entendia o movimento que há cinco séculos vem demolindo a Cristandade, e cujos momentos pinaculares foram as quatro grandes crises do Ocidente cristão: o protestantismo, a Revolução Francesa, o comunismo e a revolta anarquista da Sorbonne em 1968. Suas molas propulsoras são o orgulho e a sensualidade. Da exacerbação dessas duas paixões resulta a tendência a abolir toda legítima desigualdade e todo freio moral. Por sua vez, ele denominava a reação contra este movimento de subversão como Contra-Revolução. Estas teses estão expostas em seu ensaio Revolução e Contra-Revolução (cf. CORRÊA DE OLIVEIRA, Plinio. Revolução e Contra-Revolução. 5.ed. São Paulo: Retornarei, 2002), publicado pela primeira vez no mensário de cultura Catolicismo, em abril de 1959.
(2) Para Dr. Plinio, o Reino de Maria é a era histórica prevista por São Luís Maria Grignion de Montfort em sua obra Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem, e mais tarde anunciada pela própria Nossa Senhora em suas aparições aos pastorzinhos de Fátima: “Por fim, meu Imaculado Coração triunfará!” A esperança desse Reino era para Dr. Plinio uma certeza e constituiu um dos principais objetivos de seu apostolado e de toda sua existência.

(O artigo completo encontra-se na revista “Arautos do Evangelho”, nº 175, de julho de 2016. Para acessar a revista do corrente mês clique aqui )

 

Ilustrações: Arautos do Evangelho

11 thoughts on “EU O VI!

  1. Que alegria receber esse tesouro! Quem conheceu o professor Plinio, intelectual e pensador, advogado e exímio conhecedor da história, agora poder conhecê-lo sob o prisma do fundador dos Arautos do Evangelho…. tudo que Dr. Plinio deixou justificado pelo raro dom de sabedoria. Fenomenal!

  2. Uma obra de grande atualidade, um verdadeiro “farol” para nos orientar nas trevas
    do caos que envolvem nossos conturbados dias. Estou encomendando os cinco
    volumes sobre o dom de Sabedoria de Dr. Plinio Corrêa de Oliveira, de autoria do
    Mons. João Clá Dias. Salve Maria !
    Celso Pedrosa

  3. Todos sempre se admiraram com toda a capacidade e virtude do fundador dos Arautos, o Mons. Joao Clá. Mas sempre fica uma pergunta: De onde veio tanta sabedoria para conduzir uma obra tão grande e importante nos dias atuais? Quem o formou nao pode ser qualquer um.
    Estou ansioso para poder ler esta nova coleção e poder compreender e admirar ainda mais essa santa obra.

  4. Que extraordinário a vida desses dois varões! Dois homens providenciais que darão rumo aos séculos futuros! Quanta gratidão devemos a eles! Muitas e muitas vezes ouvimos falar de Dr. Plinio pela internet, mas com essa coleção, afinal, ele será conhecido como se deve e com a verdadeira visão. Agradeço a Nossa Senhora por ter conhecido os Arautos do Evangelho e o Monsenhor João Clá!

  5. Uma obra inspirada por Dr. PLÍNIO!!!!
    E conduzida de forma exemplar pelo discípulo fiel: Mons. João Clá. FENOMENAL !!!

  6. Já li obras de Dr. Plínio e de Mons. João Clá. São todas realmente magníficas!
    Vou adquirir mais esta e espero ser informado de outras que vierem a ser publicadas.

  7. Graças a Deus, eu também os vi!!! Tanto o mestre quanto o discípulo têm tal força e tal grandeza que até de olhos fechados poderíamos percebê-los, mesmo a uma certa distância! São as luzes das nossas vidas!

  8. Ele o viu e agora o veremos pelos olhos da testemunha que tem a maior autoridade para falar dele!! Não vejo a hora de adquirir toda a coleção! Super flash!!

  9. Somente o Monsenhor João para manter tão vivo e nos comunicar os ensinamentos de santidade e amor do Sr. Dr. Plínio à Santa igreja Católica . Tenho certeza que assim como nos “enflashamos”,muitos agora terão a graça e a alegria de ver a grandeza desse grande Varão de Maria Santíssima. Julio

  10. Nada melhor do que um santo narrando a vida de outro!

    O livro é um verdadeiro tesouro, mostrando as grandezas do Divino Espírito Santo na alma de uma varão providencial, em tempos onde as trevas parecem esconder o sol.

    Vale muito a pena ler essa magnífica coleção!

    Salve Maria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *