Paz de consciência. Quem não quer? – Vídeo

Passou a Semana Santa. Se você não fez a confissão pela Páscoa, ainda é tempo. É uma boa ocasião para voltar a ter paz de consciência por meio de uma boa confissão.

Lembremo-nos que Jesus sofreu toda a Paixão e Morte para nos redimir. Ele, o Inocente, quis sofrer tudo quanto sofreu para que fôssemos salvos, e, enquanto vivos, fôssemos perdoados toda vez que caíssemos. Para voltarmos à amizade com Deus, Ele só pede que nos arrependamos sinceramente e recebamos a absolvição do sacerdote: “Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados”. (Jo 20, 23)

Para ajudá-lo a se preparar para essa confissão que lhe trará a paz assista o vídeo a seguir.

https://drive.google.com/open?id=1lvh9H6XOYiXCnkf-h63AJMwQaLFss215

E o Verbo se fez carne…

Em 25 de março a Igreja comemora a Anunciação do Anjo a Nossa Senhora e a Encarnação de Jesus no seio virginal de Maria (*). No artigo a seguir, Dr. Plinio Corrêa de Oliveira, mestre e formador de nosso Fundador, Mons. João Clá Dias, tece elevadas considerações sobre esse magno mistério.
.
.
.
.

Continue reading

Pedras transformadas pela fé

         Catedral de Notre Dame – Paris

HÁ POSTS MAIS RECENTES QUE ESTE

PARA ACESSÁ-LOS CLIQUE ACIMA EM 

“INÍCIO”

 

 

Erguidas há muitos séculos, elas nunca envelhecem, e continuam a exercer sua suave atração sobre todas as gerações. São uma amostra do alto grau de beleza que uma civilização pode alcançar quando é inspirada pela fé católica.

Quem as construiu? Grandes potentados? Reis? Continue reading

Verdadeira liberdade

Uma das coisas mais tristes para quem busca modelar-se pela vontade de Deus é ver alguém escravizado por algum vício: a bebida, por exemplo.

Quem realmente procura a perfeição, sabe por experiência própria, que, pelo contrário, nada dá mais liberdade à alma do que o cumprimento dos Mandamentos. Por que? Continue reading

Dr. Plinio explica o que é a consagração a Nossa Senhora

A consagração a Jesus pelas mãos de Maria, ou escravidão de amor que ensina São Luís Grignion e que está se tornando cada vez mais numerosa não só no Brasil mais em todo mundo, nos é explicada de modo breve, mas muito preciso por Dr. Plinio Corrêa de Oliveira, mestre do Mons. João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho, em comentários que fez sobre esta devoção.

Diz Dr. Plinio:

“[A escravidão de amor] é um vínculo de dependência que nós aceitamos em relação a Nossa Senhora: nós A amamos tanto e temos n’Ela uma tal confiança, que nós queremos fazer tudo que Ela quer, como o escravo faz tudo o que seu senhor mandar. É uma dependência de amor; não é imposta pela força. É feita por amor.

Essa consagração não é um voto, não obriga sob pena de pecado. É um ato livre que cada um faz livremente, e vale na medida que for livre e a pessoa continue nessa consagração o tempo que queira.

No momento infeliz em que a pessoa não queira mais esse vínculo com Nossa Senhora é só chegar a Ela e dizer: ‘Mãe de Deus — já não vos digo minha Mãe —, tudo acabou’.

Mas o fato é que não há nem sequer pecado: cessado o amor, cessa o vínculo”.

Ilustração: Arautos do Evangelho

Recordar é viver

E que recordação: o magnífico Curso de Férias!

Depois da viagem recreativa e formativa que descrevemos no último post, tivemos um suculento Curso de Férias em São Paulo.

Foi um curso com muita criatividade: em torno de uma viagem nos tempos épicos dos navios à vela, fomos relacionando com nosso dia a dia, no qual enfrentamos “tempo bom”, “tempestades”, coragem para ir para frente… e (na peça de teatro) o desânimo de alguns, lembrando-nos que, se não recorrermos a Nossa Senhora, a gente desiste de enfrentar as dificuldades. Continue reading

Meditando sobre as verdades eternas

Os Cooperadores e simpatizantes dos Arautos do Evangelho em Montes Claros tiveram a oportunidade de fazer um proveitoso retiro durante os recentes feriados. Mons. João Clá, Fundador dos Arautos do Evangelho tem sempre incentivado que se realizem semelhantes eventos, especialmente periodicamente.

A razão do empenho do Mons. João Clá é muito útil e simples:

Continue reading